Content

17 de julho de 2012

5 Conselhos sobre Retrato

Nos últimos dois anos dediquei-me mais aos retratos do que a outras áreas da fotografia como paisagens ou macro. Hoje partilho com vocês alguns conhecimentos que adquiri tanto por experiência própria como por leitura de outros tutoriais e revistas de fotografia, nomeadamente a Super Foto Digital.

1.Retratos com apenas uma luz
Muitos dos meus retratos são feitos ao lado da janela, esse facto faz com que um dos lados do rosto fique bastante mais iluminado do que o outro, o que cria uma composição dramática nas fotografias. Este é talvez uma das maneiras mais simples de fotografar porque não só é muito simples criar tal cenário como também nos ajuda bastante a ter controlo sobre a luz. De outro modo, usaríamos o flash ou o reflector para que a luz se espalhasse igualmente pelo rosto.

2.Fundos desfocados
Na minha opinião os retratos mais bonitos são aqueles em que o fundo se encontra desfocado, isto porque conseguimos dar relevância ao rosto que fotografamos, além de conseguirmos copiar deste modo a nossa própria visão. No entanto, é necessário ter um cuidado especial com o que estamos a focar, quando usamos uma profundidade de campo reduzida. Por vezes não só desfocamos o fundo como outras partes do rosto e por isso temos de nos certificar que a zona dos olhos está bem focada, porque de outro modo irá parecer que todo o rosto se encontra desfocado, estragando deste modo a fotografia.

3.Ângulos
Costuma dizer-se que cada um de nós tem um certo ângulo em que fica melhor. Cabe a nós, que fotografamos, descobrir qual o melhor ângulo de cada um. Para isso examinamos cuidadosamente os rostos que fotografamos e tentamos esconder os defeitos tal como alguma imperfeição facial que tentamos esconder com sombras. Se os olhos não forem iguais, tentamos encontrar o ângulo ideal para que isso não seja evidente na composição final. Para que as pessoas se achem sempre bonitas nas fotografias e não encontrem os seus defeitos.

4. Imperfeições
Todos nós gostamos de ver pessoas bonitas e procuramos a tão aclamada perfeição que apenas conseguimos corrigindo/escondendo as nossas imperfeições, principalmente com maquilhagem. No entanto, para que as fotos fiquem realmente boas, sem se notar qualquer tipo de imperfeição no rosto, temos necessidade de utilizar programas que nos ajudem a combater isso. Para mim, o melhor programa para se tocar na prefeição, no mundo da fotografia, é sem dúvida alguma o Photoshop.
Tanto podemos utilizá-lo para correcções simples, como retirar borbulhas ou manchas, dar brilho aos olhos. Mas também para um "retoque pesado" das imagens em que manipulamos totalmente a pele do rosto, corrigimos os olhos, o nariz, o queixo, etc.

5. Contraluz
Um dos meus retratos com mais sucesso em 2009 foi a fotografia Lost Within. Gosto imenso de fotos de silhuetas, mas apesar de toda a beleza destas fotografias, por vezes, o que desejamos fazer é ver a luz do sol sobre algo mas sem que a foto fique escura (o que acontece a maioria das vezes). Sendo assim, devemos utilizar o flash ou um reflector para iluminar quem estamos a fotografar ou fazer uma medição directa da luz do rosto com a maquina e escolher o modo de exposição manual que não varie nenhum parâmetro, nomeadamente, captação, diafragma e velocidade.

Espero que os conselhos sejam úteis, apesar de bastante simples.

0 comentários:

Publicar um comentário

Sobre mim

Image and video hosting by TinyPic

Cláudia Melim.
Fotografa de moda & fantasia em Wicked Wonderland Photography. Residente em Lisboa.

Facebook

Arquivos

Seguidores