Content

2 de maio de 2011

Lua de Sangue – Parte VIII


As noites são eternas porque não estás aqui e eu estou demasiado perdida nas memórias que tenho de ti para te deixar sair assim da minha vida. Há pouco mais de 3 meses que não te vejo e parece estivémos separados uma vida inteira. O tempo parou na noite em que te foste embora e os meus olhos perseguiram a tua sombra a sair pela porta.

Queria que estivesses aqui esta noite, que tudo fosse como antes. Queria poder olhar-te nos olhos e dizer que a nossa condição não é culpa tua. Hoje era capaz de te trazer para o meu mundo como sempre pediste, tu voltarias a fazer com que me sentisse humana e eu faria com que tivesses a vida eterna. Todas as tentativas de te esquecer, falharam. Agora estou aqui, sentada no sofá com um copo de vodka na mão a pensar que esta não sou eu. Nada vai fazer-me esquecer quem és e vou amar-te sempre da mesma forma, mesmo que não queira. De todos os copos que atirei contra a parede, apenas para quebrar o silêncio, nenhum me fez sentir melhor. De todos os homens com quem falei depois de te ires embora nenhum me fez sentir nem um pouco daquilo que tu fazes sem me dizeres nada.

Hoje, apenas hoje...e depois amanhã e para sempre, eu queria que estivesses aqui. Que me beijasses como naquelas noites em que te esquecias de como eu poderia ser perigosa, em que tremias cada vez que os meus caninos roçavam o teu pescoço, que te arrepiavas quando o meu corpo frio se encostava no teu, tão quente. Depois olhavas-me nos olhos com a terrível admiração de ver a predadora com piedade da sua presa, quando na verdade eu estava enganada e a presa era eu.

Esta noite, preciso da água fria do chuveiro sobre o meu corpo para que lave as saudades que te tenho e o amor que te devo. Será que vais voltar? Há momentos em que não consigo acreditar nisso e tudo isto é por tua culpa. Deixaste-me ficar assim e eu quis perdoar, mas nunca vou esquecer. Queria apenas olhar-te nos olhos e dizer-te o quanto te odeio. Odeio-te, ouviste? Eu odeio-te...e odeio-me ainda mais por te amar tanto...

Cláudia Melim

0 comentários:

Publicar um comentário

Sobre mim

Image and video hosting by TinyPic

Cláudia Melim.
Fotografa de moda & fantasia em Wicked Wonderland Photography. Residente em Lisboa.

Facebook

Arquivos

Seguidores